Logo do PicPay

15% dos usuários da mensageria do PicPay utilizam a ferramenta para impulsionar seu pequeno negócio, mostra pesquisa

Cerca de 8,5 mil pessoas, entre as mais de três milhões que utilizam as mensagens do app todo mês, participaram da pesquisa

São Paulo, 3 de maio de 2022 - As mensagens diretas do PicPay têm se popularizado cada vez mais entre pessoas que fazem vendas ou têm algum pequeno negócio. Uma pesquisa realizada pela empresa sugere que cerca de 15% dos mais de três milhões de usuários ativos (pessoas físicas) na mensageria utilizam a ferramenta para fazer negócios — aproximadamente 450 mil pessoas.

A pesquisa quantitativa foi realizada em fevereiro com 8,5 mil usuários do PicPay. A base utilizada foi composta de pessoas físicas que usam as mensagens mensalmente. Esses usuários não possuem conta específica para pessoa jurídica, mas usam a DM como ferramenta de negócios para assuntos variados: desde se comunicar com clientes, fazer novas vendas e até realizar o pós-venda de um produto ou serviço. 

“As mensagens foram idealizadas para o nosso cliente pessoa física, mas foram apropriadas pelo pequeno empreendedor como uma ferramenta de relacionamento com o cliente”, destaca Luiz Diniz, diretor de Social do PicPay, frente que contempla as features sociais do app. “É um uso que se conecta inclusive com outras soluções que o PicPay oferece ao público empreendedor, porque acaba se tornando uma porta de entrada”, conclui.


 

Crescimento da mensageria

O número de usuários que utilizam a ferramenta todos os meses mais do que triplicou desde dezembro de 2021, atingindo três milhões em fevereiro deste ano. No ano passado, o pico de mensagens aconteceu no dia em que o WhatsApp ficou horas fora do ar. Atualmente, aquele mesmo volume de mensagens é superado em quase 40% todos os dias na mensageria, que tem ganhado cada vez mais adeptos.

Hoje, as mensagens são integradas aos pagamentos feitos via peer-to-peer e Pix no aplicativo. Isso significa que, depois de pagar, o comprovante é enviado diretamente ao destinatário por mensagem, eliminando uma etapa do processo e facilitando a comunicação entre eles — envios automáticos não são considerados entre os mais de três milhões de pessoas que utilizam a mensageria por mês.

 Com isso, o registro de todos os pagamentos fica no histórico da conversa, que também é utilizada por alguns empreendedores para simplificar o acompanhamento do que já foi recebido ou ainda não. As mensagens contam com diversas barreiras de segurança e o PicPay não tem acesso ao conteúdo.

O PicPay também oferece para o empreendedor o PicPay PRO, modalidade de conta do app voltada a quem faz vendas e não tem CNPJ. Para quem também é pessoa jurídica, o PicPay oferece o aplicativo PicPay Empresas, em uma busca da empresa por ser tão relevante para o PJ quanto para a pessoa física, como um grande facilitador de negócios e a melhor plataforma para quem vende.